Scroll To Top


Notícias

Arquivo de notícias >>>

 

“Prémio Distinção CNOIV 2022 – Enologia” - “Effect of barrel-to-barrel variation on color and phenolic composition of a red wine”

Warning: Trying to access array offset on value of type null in /home/customer/www/alabe.pt/public_html/noticias/news.php on line 370
Quinta - Novembro 24, 2022 9:21 am  |  Acessos Artigo:33  |  A+ | a-
Comissão Nacional da Organização Internacional da Vinha e do Vinho atribui “Prémio Distinção CNOIV 2022 – Enologia” a trabalho de investigação do Instituto Superior de Agronomia
Trabalho de investigação publicado na Foods foi desenvolvido no âmbito de tese de mestrado Vinifera (International Master of Science in Viticulture and Enology), sob orientação da Professora Sofia Catarino.
A Comissão Nacional da Organização Internacional da Vinha e do Vinho (CNOIV) premiou a publicação “Effect of barrel-to-barrel variation on color and phenolic composition of a red wine” com a “Distinção CNOIV 2022”, atribuída ao melhor trabalho nacional de divulgação, experimentação ou investigação no domínio da Enologia, em suporte ao sector vitivinícola, da autoria de Professores e Investigadores do ISA, com a colaboração da Sogrape.
Os vencedores dos “Prémios CNOIV 2022” foram anunciados, no Fórum Anual Vinhos de Portugal, organizado pela ViniPortugal, a 23 de novembro de 2022. Na categoria Enologia este foi o único trabalho premiado.
O estudo teve por objectivo principal avaliar o efeito da variação entre barricas na cor e composição fenólica de vinho tinto, considerando o efeito da tanoaria e o efeito individual da barrica. De facto, são frequentemente perceptíveis diferenças nas características sensoriais e analíticas do mesmo vinho, quando estagiado em barricas semelhantes, produzidas pela mesma tanoaria, com igual nível de queima, e a partir de madeira da mesma espécie botânica e origem geográfica. A investigação, de carácter pioneiro, baseou-se num ensaio experimental à escala industrial com a colaboração da empresa Sogrape, envolvendo um elevado número de barricas, e resultou na criação de conhecimento inovador sobre a variação entre tanoarias e entre barricas, relevante sob o ponto de vista académico e para a produção. Os resultados indicam que a influência (individual) da barrica se sobrepõe à influência da tanoaria. A avaliação quantitativa da variação entre barricas permitiu estabelecer o número de vasilhas a utilizar/estimar em função do coeficiente de variação (precisão) admitido/esperado. Os resultados da investigação poderão ser de grande utilidade na abordagem de medições envolvendo lotes de barricas, tanto na produção de vinho quanto em ensaios experimentais de I&D.
https://doi.org/10.3390/foods10071669
 
COMENTÁRIOS (0)
CAPTCHA Image
Play CAPTCHA Audio
Refresh Image
Please, type the capital of United Kingdom below to prove you are not a spambot?
*
* - Campos obrigatórios
Top

 

 

 

 

Sabia que?

"Os ensaios interlaboratoriais que a ALABE organiza e disponibiliza ininterruptamente desde 2002, tanto na área das análises físico-químicas e instrumentais em laboratório, como no âmbito da análise sensorial, continuaram a figurar como o principal motivo para a procura dos serviços da ALABE. Na esfera de participantes contam-se muitos laboratórios de empresas e câmaras de provadores que participam com regularidade nestes ensaios interlaboratoriais, daí retirando assinalável proveito."